Views
1 week ago

edição de 11 de março de 2019

  • Text
  • Marcas
  • Propmark
  • Brasil
  • Ainda
  • Jornal
  • Mercado
  • Anos
  • Digital
  • Marketing
  • Empresas

PRêMIOS

PRêMIOS “Transformamos adversidade em criatividade” Especializada na área publicitária que mais reflete as velozes e constantes mudanças no relacionamento entre marcas e consumidores, a vice-presidente de mídia da Leo Burnett Tailor Made, Andrea Hirata, vai representar o Brasil no júri de Media do D&AD 2019. O festival será realizado entre os dias 21 e 23 de maio, em Londres. Por e-mail, ela conversou com o PROPMARK sobre mídia e criatividade. Leia abaixo os principais trechos da entrevista. Divulgação Andrea Hirata: “Os efeitos da revolução digital fizeram empresas repensar estratégias” MARCELLO QUEIROZ Especial para o PROPMARK IDEIA É A ALMA Lembrando o sábio provérbio A propaganda é a alma do negócio, eu complementaria dizendo: “A ideia sempre será a alma da propaganda”. Assim, as melhores campanhas ou ações de comunicação sempre decorrerão de uma boa ideia e de sua conexão com o negócio do cliente. No Brasil e no mundo, há uma integração cada vez maior entre os hábitos de consumo dos meios e a formação da ideia. ESTÁGIO DE EVOLUÇÃO Acredito que a mídia, como todo o mercado de comunicação e marketing, encontra-se em novo estágio de evolução. Durante as últimas décadas, enfrentamos os efeitos causados pela revolução digital, que fizeram empresas, e categorias inteiras, repensar suas estratégias de atuação e modelos de negócio. Agora, adaptados, passamos a enfrentar novos desafios. O principal deles é a necessidade de conexão com o resultado do negócio dos clientes, mensurando e otimizando os investimentos para um melhor retorno. Para isso, as áreas de mídia das agências e dos veículos gerenciam Big Data, fazem performance e otimização, e implementam projetos de ROI (Retorno sobre o Investimento). A TV E SEUS MILHÕES A TV ainda é um dos prin- cipais meios nos planos de mídia. A programação da TV aberta, em específico, tem um feito muito importante e único, pois consegue reunir no mesmo horário milhões de telespectadores. Essa experiência de consumo coletivo é muito significativa e impactante para as pessoas. Além disso, a qualidade da produção da TV aberta brasileira é referência e é exportada para vários países, o que agrega um valor muito importante às marcas. MÍDIA IMPRESSA Existe ainda toda uma geração que prefere o impresso, e existe também a possibilidade de novos formatos, como os jornais distribuídos nas ruas e nas universidades. No mundo todo, observamos a revista e o jornal criando novos formatos, adaptando sua linguagem e se reinventando. Por outro lado, sabemos que a revista e o jornal no meio digital devem crescer bastante ainda e representam o futuro das novas gerações. Contudo, o fundamental nesta análise deve ser o principal valor desse meio: sua credibilidade, a credibilidade dos jornalistas e redatores. MÍDIA PROGRAMÁTICA Ela precisa ser trabalhada com muita cautela e assertividade. Devemos garantir que a propaganda não seja invasiva, que nossas empresas estejam protegidas e não venham a enfrentar processos como res- “NESTA ERA MIDIÁTICA E MULTICANAL, O PROFISSIONAL DE MÍDIA SE TRANSFORMOU NO PRECURSOR DE NOVOS NEGÓCIOS E VIVE EM UMA BUSCA CONSTANTE POR INOVAÇÃO E NOVOS NEGÓCIOS” ponsáveis ou corresponsáveis por problemas. Devemos promover e escolher parceiros que garantam e comprovem as boas práticas na internet. Devemos ser mais criteriosos também na produção de anúncios, usando mensagem clara e relevante para o consumidor. SMARTPHONE McLuhan já nos apresentava, nos anos 1960, a ideia de que os meios de comunicação são extensão do homem. O smartphone é, literalmente, o ápice dessa teoria. Na maioria das vezes, ele torna o consumidor o próprio canal de mídia. CINEMA, OOH E RÁDIO Cinema ganha maior importância com as novas possibilidades e os formatos interativos. Já a mídia exterior tem um grande potencial de crescimento, principalmente a Digital Out Of Home (DOOH). Além de ser um meio de alto impacto, as possibilidades de interatividade são muitas e diversificadas. O rádio continua tendo um papel importante na estratégia dos nossos clientes. PUBLICIDADE BRASILEIRA A publicidade brasileira é admirada em todo o mundo, não ficamos atrás de nenhum outro país. Somos fortes em transformar adversidade em criatividade. Criamos com prazos muito curtos e pequenas verbas, se compararmos ao investimento dos anunciantes em outros países. PERFIL Nesta era midiática e multicanal, o profissional de mídia se transformou no precursor de novos negócios e vive em uma busca constante por inovação e rentabilidade para os clientes, para os veículos e para as agências. D&AD O D&AD é, de fato, um dos principais festivais do mundo. Conhecido pelo seu forte rigor no julgamento, é um prêmio que reconhece os melhores trabalhos no mais alto nível. Estou bastante ansiosa pela minha estreia como jurada no D&AD. É uma grande oportunidade para, além de conhecer os melhores profissionais do mercado, poder debater com eles sobre os melhores projetos e campanhas do mundo todo. Estar na posição de avaliadora é também um grande desafio. 34 11 de março de 2019 - jornal propmark

merCado Crescem em volume e criatividade as ativações das marcas no SXSW Maior encontro sobre inovação realizado no sudoeste americano atrai empresas globais; a HBO e a Amazon Prime são os grandes destaques Claudia Penteado – de austin, texas Atração à parte no South By Southwest (SXSW), a megaconferência sobre inovação que teve início na última sexta-feira (8) em Austin, no Texas, são as ativações que as marcas - não só as patrocinadoras do evento - fazem pela cidade, entretendo e proporcionando experiências sempre interessantes aos participantes. A cada ano que passa, aumentam as ativações em volume, grandiosidade e criatividade. Uma das mais interesssantes este ano, sem dúvida, a da HBO e sua série Game of Thrones, promovendo uma grande campanha de doação de sangue vinculada à Cruz Vermelha americana. Quem doar sangue, dizendo sim à provocação “Vocês vão sangrar pelo trono?” terá direito a entrar nos reinos de Westeros e interagir com alguns dos principais enredos da série - em especial no lugar daqueles que “sangraram” nos capítulos da série. Mas quem não puder doar sangue também poderá participar. A ativação está sendo feita pela Giant Spoon e faz parte da campanha da Droga5 intitulada For the throne, que divulga a temporada final da série da HBO, que vai ao ar em 14 de abril. A ativação foi realizada entre 7 e 9 em Austin, no Fair Market. Outra ativação grandiosa será feita pela Amazon Prime Video, que lança por lá sua série Good Omens. As atividades incluirão conversas com o autor e produtor- -executivo, Neil Gaiman, o diretor e produtor-executivo Douglas Mackinnon, e as estrelas da série Michael Sheen, David Tennant e Jon Hamm. Até segunda-feira (11), uma área especial intitulada Bom Jardim Omens de Delícias Good omes, ativação da Amazon Prime Video, que lança sua série no SXSW; haverá conversas com autor, produtor e estrelas da série pecializada em grandes eventos de meditação), intituladas Pure Golden Hour, dentro da proposta da bebida de promover a reconexão das pessoas com a natureza e o equilíbrio. A Uber Eats, que patrocina o SXSW este ano ao lado de Bud Light, Mercedes, Capital One e The Austin Chronicle, terá a própria casa, onde oferecerá “culinária interativa, música e entretenimento” e também fará aparições surpresa em algumas palestras e festas com o serviço “Uber Eats Drops”, além de oferecer uma área com entregas especiais de alguns dos principais restaurantes de Austin. O Facebook terá uma área no Native Hostel dedicada à direção de arte, e fará uma exposição com trabalhos produzidos por lá ao final, enquanto a Sony criou um estúdio, onde oferecerá exposições interativas e diferentes atrações. Ou- Divulgação Terrenas, convidará os fãs a fugir e celebrar a véspera da chegada do apocalipse. Good Omens conta a história aventureira de um anjo, Aziraphale (Sheen) e um demônio, Crowley (Tennant) - um par que forma uma improvável aliança para impedir que o mundo acabe. A série tem seis episódios e é baseada nos romances Good Omens: The Nice e Accurate Prophecies of Agnes Nutter, Witch, de Terry Pratchett e Neil Gaiman. A Netflix também montou uma experiência pop-up em Austin para lançar sua série The Highwaymen. Uma casa temática interativa ocupa o Austin Banger Basement, proporcionando uma experiência de volta aos anos 1930, tempos dos famosos bandidos Bonnie e Clyde. A cerveja orgânica Michelob Ultra vai promover sessões de meditação coletiva em parceria com a Big Quiet (estra atividade interessante é uma área de patinação em um grande estacionamento, patrocinada pela Vice, que terá diversas festas retrô dedicadas à patinação. Vale destacar que a Comedy Central levará sua premiada The Donald J. Trump Presidential Twitter Library, dedicada aos tweets de Donald Trump, para Austin. Outras ativações estão previstas pelas empresas Bumble, Rent the Runway, Land O’Lakes, Comcast/NBC Universal e Audible. Cobertura patroCinada por jornal propmark - 11 de março de 2019 35

edições anteriores

Receba nossa newsletter

CADASTRAR

© Copyright 2000-2017 propmark o jornal do mercado da comunicação. Todos os direitos reservados.