Views
3 months ago

edição de 15 de outubro de 2018

  • Text
  • Outubro
  • Propmark
  • Paulo
  • Dados
  • Meio
  • Jornal
  • Anos
  • Mercado
  • Marca
  • Campanha

marcas Ford concentra

marcas Ford concentra parte criativa da sua publicidade na rede BBDO Marca do Omnicom terá a participação da Wieden+Keneddy nas ações de comunicação a partir de 2019; WPP será responsável pela mídia Paulo Macedo Grupo Omnicom, por meio O da rede BBDO, foi anunciado pela divisão de marketing da Ford como vencedor do pitch global de publicidade. A análise, de acordo com reportagem da revista Advertising Age, é que a nova agência será a sua principal empresa criativa. O WPP, que atendia à montadora americana através da rede GTB, exclusiva para a marca sob o guarda-chuva da J. Walter Thompson, vai manter as negociações de mídia e as ações de CRM. A BBDO vai contar com a Wieden+Kennedy na gestão do negócio. “A Ford é uma das marcas mais reconhecidas e respeitadas do mundo. Nesse momento A montadora, que tem o Fusion no portfólio, trabalha com a JWT desde 1943 crucial de reivenção e transformação, estamos entusiasmados por fazer parcerias com agências criativas globais para liberar todo o potencial do icônico Blue Oval”, disse Joy Falotico, vice-presidente e CMO global de marketing da Ford. Divulgação O processo de concorrência foi conduzido pela Flock Associates. A conquista foi celebrada por Andrew Robertson, CEO da BBDO Worldwide. A Ford trabalha com a JWT desde 1943. Não é uma perda total porque o seu contralodor WPP vai atender a compra de mídia, mas a parte mais charmosa vai ficar com o Omnicom. Ainda não há repercussão no Brasil. A Almap- BBDO atende a Volkswagen e participa no momento do pitch global da marca alemã. Johnson’s Baby apresenta slogan Pureza que inspira para 2019 Linha infantil vai ser a prioridade do investimento nos canais de mídia, que serão duplicados com campanha da DM9DDB e lançamento de produtos multinacional Johnson & A Johnson lança a partir de dezembro e com flight inicial programado até fevereiro de 2019 a campanha Pureza que inspira, criação da DM9DDB. A linha infantil, cujos lançamentos chegarão às gôndolas dos PDVs no primeiro bimestre, vai absorver a maior parte do investimento em comunicação mercadológica do anunciante. O mote publicitário de Johnson’s Baby está atrelado ao conceito institucional Saúde todo dia. De acordo com o diretor de marketing José Cirilo, o plano é destacar as transformações da marca. “Essa evolução é muito importante para nós e estabelece novos padrões de pureza no mercado. Como ela é resultado de uma cocriação global, temos a certeza de que estamos atendendo aos anseios de uma nova geração de mães e pais, que demandam produtos mais naturais, práticos e com informações detalhadas no rótulo sobre ingredientes”, explica Cirilo. A campanha vai explicar as mudanças no portfólio. “Os nossos principais objetivos nesse processo de transformação são construir um novo território, reforçar a superioridade dos produtos por meio das novas fórmulas e nos estabelecer como uma marca completa, moderna e segura para todas”, finaliza Cirilo. PM Novo portfólio da Johnson’s Baby estará nos PDVs a partir de fevereiro de 2019 Divulgação 46 15 de outubro de 2018 - jornal propmark

espeCial out of home Contrariando as previsões, setor se mantém vivo e mais vibrante PROPMARK apresenta especial sobre OOH, cuja tônica é a superação após a Lei Cidade Limpa e o desenvolvimento com tecnologia e digital Neusa spaulucci Divulgação Mídia exterior ganha espaço e atinge a todos, principalmente em cidades de grandes centros como São Paulo O outdoor está mais vivo do nunca, apesar das previsões de muitos pelo seu fim de carreira após a Lei Cidade Limpa (14.223/2006), promulgada na época pelo então prefeito Gilberto Kassab. A regulamentação colocou ordem na casa. E o leitor vai ler, a partir de agora, até a página 62, um especial sobre o meio que ganhou até o pomposo nome de out of home, já que ampliou atuação e deixou de ser simplesmente outdoor. O setor em outras regiões do país ganhou forma, seguindo o exemplo da capital paulista, mas com maior flexibilidade. De acordo com o Kantar Ibope Media, o investimento bruto no meio no primeiro semestre deste ano ultrapassou os R$ 2,1 bilhões e em 2017 o volume foi de cerca de R$ 4 bilhões. Mas o Sepex (Sindicato das Empresas de Publicidade Exterior de São Paulo) estima que esse canal é a segunda opção em alcance para as marcas, atrás apenas da TV. O leitor também vai ler que tecnologia e pesquisa passaram a dar o tom das empresas exibidoras. Para se ter ideia do avanço, o Sepex lançou este ano o Everywhere, sistema que mede o volume de carros nas principais rodovias de São Paulo por meio de sensores ativados por telefones celulares, o que significa mais uma ferramenta para atender e orientar os anunciantes que precisam saber onde colocar melhor as suas peças de publicidade. Nos últimos cinco anos, houve uma evolução no número de marcas presentes em OOH. De acordo com o monitoramento realizado pelo Kantar Ibope Media, em 2012 eram 5.790 e em 2017 foram mais de 8 mil marcas presentes em mídia exterior. Durante o primeiro semestre de 2018, a compra de espaço publicitário no meio cresceu 27%. Todo mundo concorda que todos são atingidos por essa mídia e o setor precisava de um “mapa”. Foi daí que surgiu, em março deste ano, o projeto de métricas, desenvolvido pela Clear Channel, JCDecaux e Otima. Segundo Paulo Stephan, diretor-executivo da ABOOH (Associação Brasileira de Mídia Out of Home), o mapa é um ser vivo, que vem crescendo e ganhando cada vez mais representatividade. Hoje, sem nenhum exagero, o meio out of home e o digital são totalmente convergentes e complementares. “O OOH é capaz de incorporar não somente tecnologias, mas também atributos digitais, como inteligência, instantaneidade, geobehavior e geolocalização para potencializar a conversão de campanhas, além de cobrir todo o processo de compra”, afirma “Muitas das eMpresas online são grandes anunciantes do ooH. google, Facebook, netFlix e uber estão entre os Maiores usuários da Mídia” Anderson Santos, diretor-geral de planejamento e Inovação da Otima. Um dos indicativos desse potencial está em um levantamento feito neste ano pelo Mapa OOH, sistema de métricas da mídia exterior lançado pelas três principais empresas do setor (Clear Channel, JCDecaux e Otima). O estudo mostra que, após o digital, o out of home é o segundo meio com maior penetração entre jovens de 15 a 24 anos na cidade de São Paulo. Não por acaso, na visão de Stephan, os dois meios se complementam em mídia e ainda por cima são parceiros estratégicos. “Muitas das empresas online são grandes anunciantes do OOH. Google, Facebook, Netflix e Uber estão entre os maiores usuários da mídia nos EUA e aqui também”, afirma. É só sair por aí e ver campanhas dessas marcas espalhadas por todo lado. Veja esses e outros assuntos a seguir. jornal propmark - 15 de outubro de 2018 47

edições anteriores

Receba nossa newsletter

CADASTRAR

© Copyright 2000-2017 propmark o jornal do mercado da comunicação. Todos os direitos reservados.