Views
8 months ago

edição de 25 de fevereiro de 2019

  • Text
  • Marca
  • Mercado
  • Anos
  • Brasil
  • Propmark
  • Fevereiro
  • Jornal
  • Marketing
  • Ainda
  • Marcas

série

série sustentAbilidAde Fotos: Divulgação publicis: dentro e forA dA fAchAdA A Publicis tem sua sede localizada no complexo São Paulo Corporate Towers, que segue os requisitos do U.S. Green Building Council e é um dos mais sustentáveis da América Latina. Segundo a agência, o grupo é bastante preocupado com questões ligadas à sustentabilidade e o tema está em crescente importância na casa. Eduardo Lorenzi, CEO da Publicis, acrescenta que há dois anos a agência acrescentou o tema da sustentabilidade ao Comitê da Diversidade e tem algumas iniciativas que pretende colocar em prática nos próximos dois anos. “O projeto arquitetônico do prédio levou em conta o melhor aproveitamento possível da incidência solar, para economizar luz, bem como o aproveitamento d’água da chuva e o resgate de espécies de Mata Atlântica nas áreas de paisagismo”, explica o executivo. Entre as mudanças adotadas no dia a dia, os copinhos descartáveis também sumiram. Todos os colaboradores contam com squeezes para uso pessoal. Além disso, a agência adotou o uso de coleta seletiva de lixo e tem papa pilhas para o descarte correto. mArK up: mudAnçA grAduAl Em agosto de 2019 vai completar dois anos que a Mark Up adotou o copo de acrílico com canudo para seus colaboradores. O copo foi lançando junto com a campanha interna #AquiÉDiferente. Mas não parou por aí. Em junho do ano seguinte, a agência de live marketing passou a oferecer aos seus funcionários uma garrafa de vidro com infusor dentro por questão de higiene e conservação. As mudanças tiveram duas razões. A primeira foi diminuir o uso de copos descartáveis, que eram muito utilizados pelas equipes. A segunda foi a questão de segurança, em função dos acidentes com copos de água e café nas mesas, próximos dos computadores. De acordo com a agência, foram confeccionados copos em grande quantidade para distribuir para clientes e fornecedores. Houve 100% de aceitação e muita viralização nas redes sociais. A iniciativa não ficou apenas no dia a dia. A confraternização de fim de ano de 2018 também não teve descartáveis, todos os copos foram de acrílico. AlmApbbdo: menos 480 mil copos A AlmapBBDO tem compromisso selado com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente para diminuir consideravelmente o consumo de plástico. Desde julho de 2017, a agência substituiu copos e canudos plásticos por moringas e canecas duráveis, evitando o uso e descarte de 480 mil copos por ano. Para incentivar o uso de transporte coletivo, a agência disponibiliza vans que levam os colaboradores até a estação de metrô mais próxima. Entre itens reutilizados, os jornais são, em grande parte, doados para cuidadores de animais. Além das iniciativas da própria AlmapBBDO, o condomínio no qual a agência está situada também colabora com medidas sustentáveis. O local tem bicicletário e aplica sistema de reciclagem de material e água de reúso. f.biZ: AlmApbbdo: somAndo menos mudAnçAs 480 mil constAntemente copos A F.biz tem um conjunto de iniciativas para combater o desperdício. Além de coleta seletiva e incentivar reciclagem, a agência tem temporizador para redução do gasto de água, mecanismo para otimizar a descarga dos banheiros, lâmpadas de led em toda a área comum do escritório, controle de impressões para evitar o desperdício de papel e sistema de irrigação automáticos de plantas. Os próximos passos estão praticamente definidos. A F.biz está com uma série de ações em fase final de planejamento. Entre elas há a troca das paletas de plástico por paletas de madeira, a substituição de copos de plástico por biodegradáveis em áreas comuns e a distribuição de itens de uso permanentes para os funcionários. WmccAnn: um novo mindset Também na SP Corporate Towers, a WMcCann visa ter mais economia de recursos e conforto. Antonieta Stefano, diretora de RH, explica as iniciativas: os colaboradores têm um kit com mochila, moleskine, squeeze, caneca, nécessaire e chaveiro. Há uma política de clean desk inclusive para o chairman e CEO, Hugo Rodrigues. Sem local fixo, também não há telefone e os laptops são usados para as comunicações externas. O uso racional do papel foi implementado, o arquivo de texto digitais e as impressões mínimas são estimulados. Há lixeiras para separação de resíduos orgânicos e recicláveis. E os visitantes são servidos com copos biodegradáveis ou xícaras de louça. O mesmo conceito está sendo implementado no Rio de Janeiro e em Brasília. “O processo de transformação é contínuo, uma vez que as pessoas precisam ser lembradas da importância dessa conscientização. E há o trabalho feito com os novos colaboradores para serem inseridos na nova cultura”, diz a executiva. 50 25 de fevereiro de 2019 - jornal propmark

DeSign Divulgação Sylvia de Araújo, além de ser a cara da marca que leva seu nome, está também à frente das áreas de marketing e financeiro da empresa Mulher Gato vira personagem de Sylvia Design e atrai consumidor Fundadora e garota-propaganda da rede homônima de móveis, executiva conquista, agora, público premium em busca de expansão da marca Mariana BarBosa Ela é praticamente um personagem do folclore brasileiro que habita os infocomerciais da Mega TV. Quem nunca assistiu a pelo menos um dos extravagantes anúncios da loja de móveis Sylvia Design, estrelados pela fundadora da empresa, não sabe o que está perdendo. Muito além das informações sobre seus produtos e das risadas que provoca no público, Sylvia de Araújo, que também atende pelo “sobrenome” Design, dá uma aula de “marketing raiz” a cada vídeo - utilizando bordões como “aqui o cliente é patrão”, linguagem própria bem-humorada e ações de “queima de estoque” que, literalmente, queimam móveis. Nascida no município de Barro, a 400 km de Fortaleza (CE), seu sonho sempre foi migrar para São Paulo, para onde mudou-se aos 16 anos - tendo completado apenas a oitava série. A adolescente começou a trabalhar no então Jumbo Eletro inicialmente como empacotadora, mas foi logo promovida a vendedora. Após anos de atuação em diversos varejistas e considerável experiência no setor moveleiro, em 2002 Sylvia resolveu “parar de dar dinheiro para os outros” e abriu sua primeira loja própria. A executiva conta que, na época, tinha apenas R$ 8 mil, mas já reconhecia a importância de divulgar seus produtos, dando início a seus famosos anúncios. “Quem não é visto, não é lembrado. Mas com o dinheiro que eu tinha, conseguia comprar apenas cinco espaços publicitários na TV ao longo do dia. Como eu iria me diferenciar? Fantasiando-me”, explica. Foram muitas as personagens utilizadas: Mulher Maravilha, Emília (do Sítio do Picapau Amarelo) e até Rebelde (inspirada na novela mexicana exibida pelo SBT). Mas a que tornou-se símbolo da marca foi a de Mulher Gato. “No dia “Eu não sigo rotEiro, apEnas rEcEbo um briEfing sobrE qual produto dEstacar, qual é o valor, E improviso” seguinte à exibição do vídeo, a loja ficou lotada, todo mundo procurando pela ‘Mulher Gato’. Vendemos muito”, relembra. Apesar de levar estilo de vida de celebridade, Sylvia, que faz inúmeras participações em programas de TV e até mesmo atuou por dois anos na antiga Escolinha do Gugu, da Record TV, garante que nunca deixou de liderar os seus negócios. Atualmente, ela comanda as áreas de marketing e financeiro da rede de lojas. Além das tradicionais veiculações na Mega TV, a empresa realiza ainda anúncios em rádio, mídia exterior e impressa, e todo o conteúdo é desenvolvido internamente. “Eu não sigo roteiro, apenas recebo um briefing sobre qual produto destacar, qual é o valor, e improviso. É por isso que o conteúdo é natural”, acredita. A rede Sylvia Design conta hoje com cinco lojas, todas em São Paulo. A última delas, Sylvia Design Diamond, foi inaugurada em setembro de 2018 com foco no público premium. “Começamos atendendo aos clientes C e isso não vai mudar. Mas com o passar do tempo, passamos também a vender para as classes A e B. A loja Diamond tem um formato diferenciado de layout, atendimento e produtos, conta com arquitetos e oferece projetos em 3D aos clientes. Estamos indo muito bem e acima das expectativas esperadas para esses primeiros meses”, conta a empresária. jornal propmark - 25 de fevereiro de 2019 51

edições anteriores

Receba nossa newsletter

CADASTRAR

© Copyright 2000-2017 propmark o jornal do mercado da comunicação. Todos os direitos reservados.